terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Testículos / Outras bagaças

Meu primo?
Perfil profissional - otorrinolaringologista

Peru de fora não se manifesta?

Este ano foi maravilhoso pra gente.
Lançamos O Desenfado, que tem se mostrado um sucesso absoluto! Desde abril, mês em que o jornal foi lançado, já totalizamos seis acessos ao blog. Não é uma maravilha?!
Nas praias então, a euforia é percebida quando distribuímos o periódico, apesar de já termos ouvido frases do tipo “Não é festa?” e “Que porra é essa?”.
Bem, tínhamos decidido não seguir a batida ideia de fazer uma retrospectiva, mas aquela nossa meia dúzia de leitores insistiu tanto que resolvemos acatar as peruadas de quem está de fora.
Aliás, esse momento atual, da tal interatividade, é a legitimação do peru de fora se manifestando, não é? Bem , isso já é outro papo...
Quer um conselho? Não? Vamos dar mesmo assim: leia com a cara cheia de champagne. Talvez você até ache graça...
Bom ano novo e boa leitura (boa?)!

Equipe O Desenfado

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Hexagera Mengão!


Alegria descomunal na redação do Desenfado!
No número 17, deixamos pra trás os também 17 anos da última conquista do Brasileirão e comemoramos o hexa rubro-negro!
Galvão, já patenteamos o hexagera Brasil! Se liga!
Sem sombra de dúvida, o país é vermelho e preto e, sem modéstia nenhuma, é preciso dizer que somos o melhor time e a melhor torcida da nação!
Depois de beber todas, sendo flamenguista, botafoguense, tricolor ou vascaíno, afinal todos estamos eufóricos, leia este blog e acesse aqui outras edições
Você também pode pedir as versões eletrônicas anteriores pelo e-mail odesenfado@gmail.com.

Boa leitura! (boa?)
Equipe O Desenfado

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Esporte Esportivo

Uma vez Flamengo sempre Flamengo

Você que é pai e não torce pro Flamengo foi sábio se escondeu do seu filho a final do Campeonato Brasileiro.
Emoção pura e exemplo de raça dos jogadores e da torcida que mexeram com a estrutura do Maracanã e de quem viu pela TV o espetáculo.
Se você é um desses pais, seja esperto e diga que quem ganhou foi o Vasco (que ganhou mesmo, só que a segundona), o Fluminense ou o Botafogo (vitoriosos também, por assim dizer).
Mas se você for inteligente mesmo, vai mudar de time e incentivar que o seu guri ou guria também torça pro Mengão.
Coxa joga nas coxas e resolve com as mãos o que não conseguiu com os pés


A torcida do Coritiba, que sabe-se lá porque não se chama Curitiba, envergonhou o futebol nacional na última rodada do Brasileirão. O episódio lamentável aconteceu quando torcedores estúpidos, revoltados pelo rebaixamento para a segunda divisão, invadiram o campo e brigaram com a polícia e com quem mais estava pela frente.
Vergonhoso! Tão ou mais que o rebaixamento.

Jogo dos sete erros (clique para ampliar)

Deu merda?
Paulo Dodô

Se o presidente quer tirar os brasileiros da merda, o prefeito do Rio quer colocar os cariocas nela.
A declaração pública do presidente Lula sobre a intenção de tirar os brasileiros literalmente da merda ao resolver as questões de saneamento básico chocou muita gente. Lula usou a palavra merda em um discurso para centenas de pessoas e foi assunto de jornais e programas de televisão.
No Rio, cá estamos enfrentando as merdas do prefeito Eduardinho.

Nossa conta da Light deve aumentar por causa da cobrança de uma taxa extra para a luz pública, que já estaria embutida no IPTU.
Os cocos devem ser proibidos das praias porque sujam a nossa principal área de lazer e supostamente ajudam na proliferação de ratos, em vez de serem recolhidos ou de ser organizada uma campanha de conscientização.
E qualquer dia desses não vai haver coleta de lixo porque o Paes acha que assim veremos o quanto produzimos de lixo. Os ratos dos cocos vão adorar.

É...se o mote do prefeito sempre foi o choque de ordem, o cara tá conseguindo, afinal, andamos todos muito chocados.


Depois do presidente Lula erguer a taça do hexa, o prefeito Paes arma a barraca

Eduardo Paes, que está feliz da vida com a Copa e as Olimpíadas no Rio, anda tão animadinho que está armando a barraca pelas praias do Rio.


Arruda: supersticiosos largam de mão e da orelha

Depois que o governador de Brasília, Eduardo Arruda, botou o galho dentro, saiu do DEM e muito provavelmente ainda sofra o impeachment ao ser traído pelo assessor, supersticiosos param de usar a arruda pra dar sorte.