segunda-feira, 18 de julho de 2011

Bola perdida chega na Argentina e fere 180 milhões


Depois da derrota e eliminação na Copa América, não poderíamos deixar de contribuir com piadas para o fiasco da Seleção.

Banda Restart está otimista com a Copa do Mundo de 2014. “Agora é começar de novo”, afirmam.

Dunga é internado com úlcera aguda e irritação grave na garganta. Causa: riso compulsivo.

Ex-BBB Ariadna apoia jogadores. “Já perdi bolas importantes na minha vida e sei como é difícil.”

Baggio é solidário e diz “Isso acontece”.

Cabral anuncia instalação da próxima UPP na CBF para acabar com bolas perdidas.

Activia contrata o quarteto de batedores como garotos-propaganda pela maior cagada de todos os tempos em penalidades.

Bolas dos pênaltis interferem na rota do cometa Halley. Nasa afirma que incidente aumentou intervalo de passagem na Terra para 152 anos.

PV protesta. Buraco de ozônio teria aumentado em 30% após chutes do Brasil.

Patricia Riquelme perde silicone esquerdo com chute de Elano. A paraguaia usou o celular que ainda estava preso no mamilo direito para pedir socorro médico na arquibancada.

O time de futebol americano Dallas Cowboys faz proposta milionária a André Santos.

Humoristas do programa da Rede TV se intitulam “Os Astros”. Faixa estendida na arquibancada com palavra “Pânico” teria antecipado o estado de espírito dos jogadores do Brasil.

Boatos apontam Juju Panicat como culpada. Macumba da loura teria sido feita pra prejudicar Neymar, que já chutou umas Balls na inimiga e também dançarina do Pânico, Nicole.

Xuxa suspende programa na TV. Bola de Elano teria atingido a nave espacial da apresentadora.
Mano errou na mão.

Lição do jogo: pênalti não dá. Tem que ganhar no mano a mano.



Hugo Stozin

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Novela astronômica



A Globo lançou uma readaptação da novela O Astro.

Além da música do João Bosco que gruda na cabeça e parece ter sido feita sob o efeito de uma marola esverdeada, há mais coisas pitorescas no folhetim. Coisas que inspiram outras viagens.

Entre elas, a cena em que o ator Thiago Fragoso ficou nu, nu mesmo. A partir daí, já há quem diga que a novela vai passar a se chamar O Mastro.

E isso iria longe, se a história fosse baseada em outros temas.

Se fosse sobre o Congresso, seria O Pasto.
Uma cidade de SP: Osasco.
Nojinho de alguma coisa: O Asco.
Sobre a ex-BBB Ariadna: O Rasgo.
Superfaturamento de obras públicas: O Gasto.
Jesus: O Casto.
Aviação: O Lastro.
Magali da Turma da Mônica: O Tasco.
Povo de uma região da Espanha: O Basco.
Remédios: O Frasco.
Caçadas: O Rastro.
Equitação: O Casco.
Infinito: O Vasto.
Depilação: O Raspo.
E sobre um time que só ganhou a Copa do Brasil por sorte: O Vasco.

Hugo Stozin

terça-feira, 5 de julho de 2011

O amor é real? Reflexões tardias sobre o Dia dos Namorados

Depois de passadas algumas semanas do Dia dos Namorados, ainda me vejo refletindo sobre o assunto.

Nada de encher o leitor com papo de data comercial, apesar de me perguntar se o amor nessas horas é mesmo real. Mas isso todo mundo já sabe. O que me inquieta é essa movimentação no dia.

Restaurante pra comer? Impossível. Motel, também pra comer? Mais impossível ainda!

Aí, me pego pensando em algumas situações pitorescas. Do tipo: você começa a sair com alguém. Esse alguém, na maioria das vezes, não transa com você de cara. Quer dizer, se o relacionamento já tiver começado assim, até rola. Mas vou seguir com o primeiro raciocínio.

No Dia dos Namorados, o homem sai com a menina com quem ainda não transou. Não são namorados, mas ele faz de tudo pra que ela se sinta a namorada dele. E ela se sente. E aí ele a leva pra cama.

Já a mulher, quase sempre faz um charminho de namorada pra se tornar mesmo a namorada. Às vezes transa e, depois disso, na maioria das vezes, se sente e exige ser empossada como namorada.

Focando nas mulheres, tem uma característica contraditória que é muito presente nelas. Na maioria das vezes, elas estão doidas pra casar. Toda mulher quer mudar logo de posição na hierarquia do relacionamento, deixando de ser namorada para se tornar esposa. Mas aí, quando chega no Dia dos Namorados, ela exige presentes! Pô, é namorada ou esposa? Nunca vi gente que goste tanto de ser rebaixada de cargo.

Mas, de tudo esse papo de relacionamento, o que mais me impressiona é a criatividade daqueles que não saem com ninguém e procuram por companheiros nessa época.
Há os que recorrem aos amores delivery dos videntes, que chegam em até três dias. Aí têm que pedir até dia 9/06, claro! Melhor dia 8 pra garantir, né?

Há os que se sentem como Pitangui e fazem a operação de troca de sexo na imagem do Santo Antônio. É isso mesmo! Dizem que ao arrancar o pintinho do santo e transformá-lo em Ariadna, a pessoa amada aparece.

Mas atenção: depois tem que transformar a ex-BBB em Rogéria, devolvendo o bilauzinho, se não a simpatia não funciona.

Bem, se esse ano não deu. Boa sorte em 2012.




Hugo Stozin

No Rio, os vereadores quase compraram carros de RS 60 mil e o povo nem tchum. Mas em Jaraguá do Sul (SC), ao tentarem aumentar o número de vagas...