quarta-feira, 25 de maio de 2016

Pizzaria cria Sangria Jucá e aumenta vendas em 200%

São Paulo – A pizzaria Mama Mano resolveu aproveitar o “vazamento” da gravação do ex-ministro Romero Jucá com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, para faturar.
 
Diante da polêmica com o significado da palavra sangria, ela apostou na bebida e alavancou as vendas em 200% em menos de dois dias. 
 
“Eles estão ganhando dinheiro de forma ilícita, então a gente pode ganhar de forma honesta, né? Já que a sangria ficou na boca do povo, por que não goela abaixo? (risos)”, afirmou gerente do estabelecimento, Júlio Serbelo. 
 

Para conquistar tantos clientes, a Mama Mano usou um esquema: o da criatividade. Lançou sabores diferenciado para as Sangrias “Estanca Jucá”, “Renan Encalhou” e “Sarney Imortal”.  


 
 
Mesmo com o sucesso, a nova empreitada deu algum prejuízo. Os clientes não tem gostado da sangria Aécio não dá. Até tentam beber, mas dizem que não tem condição.

Nenhum comentário: